20/01/06

A opinião de um antropólogo - Para ler e reflectir

“Nós portugueses, que estamos não nas vésperas, mas em plena fase de perdermos toda essa riqueza do passado.
E se não corrermos rapidamente a salvar o que resta, seremos amargamente acusados pelos vindouros pelo crime indesculpável de ter deixado perder o nosso património tradicional, dando mostras de absoluta incúria e ignorância” (Jorge Dias)

1 comentário:

toino-loceras disse...

tou de acordo com o senhor. a culpa é de todos nós. para tentar remediar(?)ou anular essa tendencia foram-se criando desde há uns tempos, associações para defenderem essas coisas. só que as vezes não conseguem mobilizar os seus conterraneos e as actividades são quase nulas (felizmente há algumas excepções), nada fazendo para salvar o que resta...