11/01/08

Vendedores ambulantes


venda de panos e retalhos

oculista (reparem no ar de satisfação da mulher com óculos - vê melhor!!)


Venda de panos


Além das lojas locais onde se encontram à venda todos os géneros e artigos de primeira necessidade, no passado o comércio era feito por vendedores ambulantes que percorriam as ruas e caminhos da aldeia.
Deixamos aqui algumas imagens destes vendedores: paneiros e oculista



2 comentários:

Fulano disse...

Ora viva companheiro.
Vou aqui fazer um reparo espero que não leves a mal, a minha intenção é que tu faças uma pesquisa sobre o assunto e não o contrario.
Estas fotos estão muito boas, este Srº com a mula carregada de panos, culchetes, agulhas, dedais, carranquinhas, grogorinas e um sem fim de artigos, na nossa terra era conhecido pelo "BARATO FINO" inclusive tinha um pregão caracteristico que ia apregoando pelas ruas da nossa Aldeia, dando assim a saber ás mulheres de sua presença.
O oculista foi até a bem pouco tempo figura presente em muitos domingos á tarde.
A outra foto que dizes ser de um vendedor de retalhos, penso que não é, é sim de um vendedor de tripa (tripa de vaca, usada para fazer as chóriças) era conhecido na Aldeia pelo nome de "Mãezinha da Tripa" e aparecia por cá quando começavam as matanças dos porcos.
E nos finais das colheitas aparecia por cá o ourives e muitos outros claro, mas vinham tambem alguns que compravam artigos ás gentes da nossa terra como é o caso de um Srº que comprava as peles dos coelhos, e as bolas de cera, que restava após ser retirado o mel e a água-mel, curioso lembro-me de uma frase deste mesmo comprador de cera dizia ele - Deixa estar que eu um dia compro-te uma blusa homem! Hoje já nada, ou pouco, disso existe, enfim ficam as memórias, porque essas... nem o tempo as apaga.


Ass: Fulano...Tal

Roberto Caneira disse...

Caro Fulano
obrigado pelo seu contributo e esclarecimento das fotografias em questão.
Roberto Caneira