21/11/09

Os “Zeladores” do Poço da Roda





À tarde chegam tal qual bando de pardais à solta, procuram o melhor sítio e sentam-se. Observam e iniciam a sua tarefa diária: ver/falar/filosofar/dissertar/ “morder”/maldizer/bem-dizer e tagarelar.
Aqui no poço da roda, falam-se de assuntos tão díspares como o aquecimento global, o significado da vida, a politica nacional e local, até a assuntos mais mundanos como a plantação das batatas, o marco da estrema da propriedade da Jordana, as azeitonas que foram apanhadas ou até da poda das amoreiras do centro da Vila.
Antes do sol-posto eles partem, amanhã certamente voltam novamente ao poço, é assim a vida dos nossos “zeladores”.

1 comentário:

António disse...

o que sepassa com este blog.?